MINHA BICICLETA

  Jlbelas Jan-2022 O ano, 1954. Nesse ano ganhei minha tão desejada bicicleta. Uma Phillips, aro 26, perfeita para meu tamanho. Sua estrutura revestida de tinta preta, adornada com frisos dourados e vermelhos sobre os paralamas e o quadro. Era uma obra de arte. Havia nela uma campainha que produzia um som muito agradável, poucoContinue lendo

Eu, um idoso…

Eu, um idoso, convido jlbelas – dezembro 2021 Há alguns anos não pensaria em escrever um texto com este conteúdo.  Até porque somente há pouquíssimo tempo dei-me conta de que estava ficando velho, ou melhor dizendo, idoso. Você sabe o que alguém sente ao olhar naquele espelho, seu conhecido de muitos anos, e se perguntar:Continue lendo

HAVIA UM RIO

Jlbelas – 2018   Fui apresentado a esse rio quando tinha uns quatro anos de idade, época em que fui morar na Vila onde residia meu amigo Wladmir, aquele que, usando de toda esperteza que possuía, e de forma ilícita, ganhou todas as minhas lindas bolas de gude. A sensação de me sentir lesado porContinue lendo

PANAPANÃ

         JLBELAS – 2018 O ano? Por volta de 1948.           Éramos um grupo de crianças muito coeso e criativo, quando o tema era brincar.           As nossas brincadeiras não eram como as que mais comumente se vê hoje nas cidades.  Eram frutos do exercício da imaginação, habilidade que tínhamos que desenvolver,Continue lendo

INESQUECÍVEL

INESQUECÍVEL JLBELAS –OUTUBRO DE 2019 Finalmente eu havia chegado aos meus 6 anos. Já era um menino em condições de dar meus primeiros passos rumo ao saber. Não que já não soubesse muitas coisas, pois era esperto e curioso. Acompanhado sempre de minha sanfona de quatro baixos, meus livros de estórias, meus brinquedos e meusContinue lendo

UM AMIGO…

Somos amigos desde que eu tinha 4 anos de idade. Naquela época eu não fazia ideia do quanto ele era importante, não só para mim, mas para muitas pessoas, principalmente para aquelas que ainda não carregavam dentro de si a semente da dúvida. Ele, sempre envolto em mistérios, não frequentava muito a minha casa, diriaContinue lendo